Sábado, 21 de Nov 2020 24ºC Luanda, Angola

Recentes

Proibida a pesca de Caxuxu, Curvina, Calafate, Marionga e Pescada IURD: Pastores brasileiros investigados pela PGR não podem abandonar o país PR garante que divida com a Espanha será liquidada Doente de Covid-19 recebe transplante de pulmões do marido e do filho
×

Cazenga conta com nova esquadra de Polícia

Cazenga conta com nova esquadra de Polícia


A Polícia Nacional, conta com nova esquadra no Distrito Urbano do Kalawenda, contemplado pelo Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), orçamentado em mais de 212 milhões de kwanzas.

Por: Domingos Miguel

 O ministro do Interior, Eugénio Laborinho, fez as honras da casa, e felicitou o comando de Quim Preto, que, acredita, com essa infra-estrutura vai contribuir positivamente na redução da criminalidade no distrito.

 Laborinho fez saber que a acção enquadra-se no âmbito de Policiamento de Proximidade, e a esquadra visa dar resposta às situações de segurança Pública no município, em particular no distrito de Kalawenda e arredores.

"Queremos estar mais próximo do cidadão", disse o governante, assegurando que o projecto de criação de novas esquadras é extensivo a todo país, tendo em atenção o crescimento demográfico e a necessidade de segurança Pública.

Invasão de esquadras

Questionado sobre o posicionamento da PN, quanto aos casos de invasão em esquadras que vai se assistindo na capital, Laborinho disse estar preocupado, porém, afiançou que os órgãos de defesa têm nos últimos dias estudado formas de estancar essa problemática.

Acesso preocupa população

Horas antes da inauguração da esquadra, foi deita uma terraplanagem improvisada, que levou os populares ao cepticismo.

No entanto, o administrador municipal, Tomás Bica, fez saber que no que toca às vias de acesso, sobretudo as principais, podem conhecer melhorias nos próximos tempos.  

Por sua vez, Emílio Machad, soba do Kalawenda, mostrou-se contente com a inauguração da esquadra, mas, disse existirem outros problemas que devem ser solucionados com urgência.

“Precisamos de água potável, desde Janeiro que as torneiras secaram, precisamos de tapete asfáltico, porque quando chover  vai complicar e muito a mobilidade dos agentes da corporação".

O acto de inauguração enquadra-se no âmbito das comemorações do 45° aniversário da Polícia Nacional de Angola e  fizeram parte do cerimónia, a governadora da Província de Luanda, Joana Lina, o Comandante-Geral da Polícia Nacional, Comissário-Geral, Paulo Gaspar de Almeida, o comandante Municipal do Cazenga e membros do Conselho Superior de Polícia.

Você pode partilhar este post!




Artigos Relacionados