Sábado, 21 de Nov 2020 24ºC Luanda, Angola

Recentes

Promotores de prostituição de adolescentes detidos em Luanda Desmantelada rede de tráfico de marfim no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro Detidos efectivos das Forças Especiais que comercializam munições de AKM Polícia começou a "desarmar" empresas de segurança
×

Polícia de mãos atadas: Ministério Público está a soltar bandidos que roubam gado no Cunene

Polícia de mãos atadas: Ministério Público está a soltar bandidos que roubam gado no Cunene


O roubo de gado no centro e sul do país tem sido motivo de muitas operações da Polícia Nacional nestas regiões de Angola.

Por: Carla Nayara

Os animais que são, em muitos casos, a riqueza deste povo, são os alvos principais de marginais que se aproveitam da distração dos criadores para roubarem e comercializarem noutras paragens.

Desta forma, forças da PNA afecta a província do Cunene mostram-se indignadas com  o trabalho dos magistrados, que volta e meia soltam bandidos devidamente identificados pelas forças da ordem.

“Pedimos a intervenção do Governo Central para interceder junto da Procuradoria Geral da Pública para colocar um ponto neste problema”, pediu um criador de gado, que viu em duas ocasiões os seus animais a serem roubados pelos homens do alheio.

“A Polícia quando prende os meliantes envolvidos em furtos e roubos de todas as espécies de gado, o Ministério Público solta os bandidos alegando falta de provas”, reclamou.

Os criadores de animais louvam o trabalho feito pela Policia Nacional e a Investigação Criminal, mas lamentam a falta de empenho dos homens da lei, que não têm em conta o árduo trabalho feito pelos homens da ordem.

Fonte da Polícia Nacional contactadas pelo NA MIRA DO CRIME mostram-se agastadas com o tratamento que o MP tem dados às grandes operações realizadas principalmente no Cunene.

“Foram feitas grandes operações no Cunene, e, infelizmente o Ministério Público e a Procuradoria Geral da República reprovam estas grandes realizações que são para o bem das comunidades, que têm o gado como seu Petróleo”.

“Há falta de emprego na nossa província, e estas Famílias sobrevivem da criação de gado, estes animais são para realização de culturas, é através da criação de gado que se estabelece a fundula e efico, este povo troca os animais com outros bens devido, as calamidades, os povos Cuanhama e Nhaneca e até outros grupos que se instalaram nestas regiões dependem do Gado para sobrevivência”, alertou.

Nos últimos dias, por exemplo, na localidade de Manquete, comuna do Mucope, foram roubadas sete cabeças com marca de “fogo BLA”, de uma anciã de 90 Anos de idade.

 A Polícia Nacional realizou uma grande operação, que permitiu a captura de todos envolventes, flagrados com os animais entre compradores, vendedores e donos de currais que guardaram os animais. Foiram descoberto os talhos onde foram abatidos os animais.

No entanto, para espanto dos efectivos, depois de capturados mais dois envolvente do crime, quando levados ao Ministério Público, os acusados que tinham sido antes capturados já estavam em liberdade.

Desta forma, operativos da PNA no Cunene, pedem a intervenção urgente das instâncias superiores com o fim de se por alguma ordem naquela parcela do território nacional, visto que, dizem, os procuradores só conhecem o boi quando lhes é colocado à mesa para Almoço.

“O roubo de gado já resultou em mortes, porque a população começou a efectuar justiças por mãos próprias”. Só este ano, de acordo com uma alta patente da PNA no Cunene, foram notificados cinco casos de assassinatos por causa de roubo de gado. “É urgente colocar procuradores em altura do problema da região, porque a situação é muito grave”, avisaram.

Você pode partilhar este post!




Artigos Relacionados