Último fôlego: António Venâncio interpõe recurso ao Bureau Político do MPLA - Na Mira do Crime
Sábado, 21 de Nov 2020 24ºC Luanda, Angola

Recentes

SIC-Cuanza Norte apreende mais de duas toneladas de ferro Mãe e filha de 9 meses assassinadas e queimadas por desconhecidos, família queimou 45 residências em retaliação    Inspector-Chefe da PNA colhido por autocarro no Zango 4 SIC-Viana cerca marginais e tira de circulação vários “fora da lei”
×

Último fôlego: António Venâncio interpõe recurso ao Bureau Político do MPLA

Último fôlego: António Venâncio interpõe recurso ao Bureau Político do MPLA


Depois da Subcomissão de mandatos que prepara o VIIIº Congresso dos Camaradas ter negado o pedido de prorrogação da data para apresentação de candidaturas ao cadeirão máximo do partido, António Venâncio voltou a manifestar, está quarta-feira, 01, o desejo de quebrar o ciclo histórico de "candidato único'' à presidência do seu partido e, por isso, prometeu lutar até ao fim para ver validada a sua candidatura e concorrer com João Lourenço, actual Presidente do partido que sustenta o Estado.

Por: Wilmer Cahango

"O recurso já entrou e muita gente estava a duvidar”, garantiu o Engenheiro de profissão que explicou também que o recurso é relativamente ao indeferimento da reclamação interposta a subcomissão de mandatos da Comissão Preparatória do Congresso.

"Ontem acabamos de dar entrada do nosso recurso e, estamos à espera que a Bureau Político se pronuncie, mas, ainda sim, estamos confiantes que os próximos dias serão bons”, vaticinou.

“Nós não vamos só ter uma candidatura, no mínimo teremos duas candidaturas", prognosticou.

Venâncio alegou ainda que interpôs o recurso devido aos erros sucessivos e interrupções que resultaram na coacção do seu partido e, espera agora que sejam já removidos os obstáculos para que conclua o seu processo.

O VIIIº Congresso Ordinária dos do maior partido em Angola, está marcado para os dias 9 e 11 do corrente mês, em Luanda, com João Manuel Gonçalves Lourenço a ser confirmado como candidato único, a concorrer a sua própria sucessão.

Recorda-se que António Francisco Venâncio tinha ameaçado impugnar o congresso acusando o partido de colocar obstáculos à angariação de assinaturas para a sua candidatura.

 E por sua vez, a subcomissão de candidaturas da Comissão Nacional Preparatória do VIII Congresso Ordinário do MPLA, na pessoa de Joaquim Miguéis, disse,  recentemente, que toda a diligência que se possa fazer, depois do fim do prazo para a entrega das candidaturas, “não tem qualquer tipo de suporte ao nível da subcomissão”.

Miguéis disse que o militante António Francisco Venâncio manifestou publicamente a intenção de candidatar-se ao cargo de presidente do MPLA, mas a comissão não recebeu qualquer candidatura sua.

Você pode partilhar este post!




Artigos Relacionados