Sábado, 21 de Nov 2020 24ºC Luanda, Angola

Recentes

Crianças encontram cabeça decepada próximo de um rio em Moçambique Menino de seis anos morre com Covid no hospital em Lisboa após receber vacina Secretário da UNITA na Matala detido por burla Malária matou 568 pessoas nos hospitais do Uíge
×

Marcy Lopes constata funcionamento dos BUAPs em Viana

Marcy Lopes constata funcionamento dos BUAPs em Viana


O Ministro da Administração do Território, Marcy Cláudio Lopes visitou ontem, quarta-feira, 01, o município de Viana, com vista a aferir as condições de funcionamento do Balcão Único de Atendimento ao Público  (BUAP) no município satélite.

Por: Matias Miguel

Depois de passar pelos Buaps dos distritos urbanos do Kikuxi, Zango e Baia, o dirigente disse que até ao momento o Executivo atingiu o propósito inicial, que era a implementação de 500 e noventa e seis Buaps.

 “Mas a terceira fase é continuada, não se encerra. A medida que formos sentindo a necessidade de aumentar Buaps em determinado local, será implementado na terceira fase”.

 O governante reconhece a existência de constrangimentos do sinal de internet em alguns BUAPs, e disse estarem a melhorar a situação, com instalações de antenas satélites.

Para quem não mudou de local de residência desde 2017 e que tenha sido registado nos processos anteriores, e tenha votado, não precisa actualizar o seu registo eleitoral, porque o seu registo mantem-se actualizado.

De qualquer, forma o ministro disse que está  disponibilizado uma linha de Call Centre (136), para esclarecimento de todas as dúvidas relacionadas com o processo.

“Temos ainda um aplicativo para aceder o motor de busca onde inclui o número do bilhete de identidade, ou do cartão do eleitor e a data de nascimento, e dará a referência do local onde está registado”.

O MAT diz que está a emitir cartões de eleitor apenas para zonas de difícil acesso, onde não existem serviços de tratamento de Bilhete de Identidade.  Nas próximas eleições, será permitido que se exerça o direito de voto com o Bilhete de Identidade.

Segundo Marcy Lopes, a perspectiva é que até 2027 o país deixa de usar completamente cartões de eleitores.

Aprovado pelo Decreto Presidencial 131 /19 de 8 de Maio, o Balcão Único de Atendimento ao Público tem o objectivo de atribuir o cartão do leitor, emissão do BI a partir do cartão do leitor e a emissão excepcional do cartão de leitor ( em zonas não cobertas pelos serviços do BI)

Você pode partilhar este post!




Artigos Relacionados